Coronavírus nos condomínios: Cuidados e como prevenir

A adoção de medidas preventivas é primordial diante do cenário atual do país.

O principal foco de notícias no mundo todo tem sido sobre o coronavírus, apesar da taxa de letalidade desse vírus ser baixa sua forma de propagação, é extremamente rápida. Até o momento, (20/03/2020), estão confirmados no Brasil, 647 casos e 7 mortes pelo vírus.

Paises afetados coronavirus
Países mais afetados pelo coronavírus. Fonte: Mapa da Microsoft

A tendência é que esse número aumente com o passar dos dias, ainda assim, não há razão para instalar o pânico. Contudo, se faz necessário a adoção de algumas medidas para prevenir o contágio. Entender de que forma o contágio ocorre é fundamental.

coronavirus_condominios_contagio
Entender as formas de contágio auxilia a entender e adotar medidas de prevenção

O que síndicos e administradoras de condomínios podem fazer para prevenir o Coronavírus?

Conforme já falamos aqui no blog é comum nessa época do ano ocorrerem as famosas assembleias extraordinárias com reuniões presenciais, tudo isso, resulta em aglomerações de condôminos e contato direto com diversas pessoas, o ideal portanto, é adiar os assuntos, evitando essas reuniões e monitorando a evolução da doença até que seja seguro retomar as assembleias.

Assembleias de condomínio e o Coronavírus

Para assuntos de extrema urgência ainda há a opção de assembleias e votações virtuais, a troca de síndicos e previsões orçamentárias que costumam ocorrer no início do ano e que estão previstas na legislação devem ser deixadas para outro momento, pois diante desse cenário o cancelamento é aceitável e compreensível.

O mesmo vale para outras assembleias já agendadas.

Realização de assembleias digitais

Para assuntos que necessitam urgente de votação existe a opção das assembleias digitais, porém ela só será validada se estiver prevista na Convenção do Condomínio. Além disso, a forma de condução da votação online deverá ser bem manejada, assegurando a fidelidade do voto.

Coronavírus e as áreas de lazer do condomínio

Diante do cenário atual é permitido ao síndico proibir a utilização das áreas de lazer do condomínio, interditar o salão de festas, por exemplo, está autorizado, pois subentende-se que a medida é tomada em proteção ao condôminos e pessoas de fora do condomínio.

Condomínios clube com sala de jogos, cinemas, academias e spa também podem e devem adotar essas medidas, uma vez que estes espaços reúnem grande fluxo de pessoas, o recomendado é a prevenção em todas as áreas de lazer do condomínio.

Medidas simples para prevenir o coronavírus

  • Cartazes de comunicação e conscientização aos moradores
  • Oferecer um dispênser com álcool gel na entrada do prédio, próximo a elevadores e garagens
  • Ter álcool em gel disponível em diferentes blocos ou andares dependendo do condomínio;
  • Orientar moradores e a zeladores a limparem a casa com produtos com álcool ou água sanitária
  • Evitar pegar o elevador cheio, espere o próximo ou utilize as escadas
  • Em casos de condomínios que utilizam a biometria, higienizar as mãos antes e depois do uso do leitor.
  • Após manobrar o carro do vizinho, higienizar as mãos antes e depois
  • Evitar o uso do parquinho para as crianças, devido ao seu risco de contaminação ser mais grave
  • Suspender jantares e festas no condomínio
  • Estimule a ajuda comunitária: idosos e doentes crônicos correm muito risco ao saírem de casa. Estimule as pessoas ajudarem a abastecer mantimentos, comprando ou recebendo entregas;

O importante também é acompanhar a evolução do vírus através de fontes confiáveis, evite compartilhar informações de fontes desconhecidas ou duvidosas, pois muitas pessoas se aproveitam desse momento delicado para espalhar o caos através de fakenews, o recomendado aqui é checar as informações antes de compartilha-la com seus parentes e amigos.

A Microsoft , por exemplo desenvolveu um mapa online que mostra o avanço do vírus pelo mundo, descrevendo dados por país, o mapa da Microsoft exibe casos de contágio e cura da doença, além dos casos fatais.

Cabe aos síndicos e às administradoras de condomínio se manterem informados de forma a acalmar e orientar os moradores sobre o vírus.

Fizemos um cartaz que pode ser impresso e colocado em áreas de grande circulação de pessoas no condomínio, além de ele conter explicações sobre como ocorre o contágio , ele também mostra formas de se prevenir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.