Administradora de condomínio, tire todas suas dúvidas

Quando o assunto é sobre administradoras de condomínios é comum surgirem dúvidas, por isso reunimos os principais questionamentos para esclarecermos tudo sobre o assunto.

Um resumo do que você vai ver por aqui:

Primeiramente é essencial compreender quais são os serviços oferecidos e quais as atribuições das administradoras de condomínio.administradora_condominios_curitiba

O que é uma administradora de condomínio?

A administração de condomínios é tão complexa quanto a administração de uma empresa, os condomínios possuem uma infinidade de obrigações (fiscais, trabalhistas, manutenções obrigatórias, emissão de boletos, etc). Sem falar na constante apresentação dos balancetes e na prestação de contas. Realizar a gestão de condomínio significa cuidar do condomínio como um todo. A administradora do condomínio é uma empresa que é responsável pelos trâmites administrativos do condomínio. Formada por profissionais de diversas áreas, como advogados, contadores, gestores, entre outros, a administradora é responsável por prestar o suporte necessário em todas as funções técnicas, legais e administrativas pertinentes à gestão condominial.

Todas essas funções características e inerentes aos condomínios são especialidades das administradoras de condomínio, na Noruega Condomínios, proporcionamos soluções aos nossos clientes há mais de 25 anos.

Como funciona uma empresa de administração de condomínio?

Cabe ao síndico a responsabilidade de cuidar de toda a parte administrativa do condomínio, sua função, vai muito além de apenas zelar pela estrutura do empreendimento e evitar conflitos de convivência entre moradores. A administração do condomínio exige uma série de funções e responsabilidades, fazendo com que muitas vezes o síndico encontre dificuldades para realizar uma boa gestão.

Devido a uma série de particularidades que a função exige, executar todas as tarefas administrativas do condomínio pode acabar se tornando algo complicado. Seja devido às dificuldades ou pela tarefa do síndico já consumir grande parte do tempo, muitos preferem deixar questões burocráticas e complicadas com as administradoras condominiais. Contratar uma empresa especializada em administração condominial e que entende do assunto é certamente a melhor solução para auxiliar a gestão do condomínio.

A administradora de condomínio, portanto é uma prestadora de serviços que oferece um pacote de soluções para auxiliar o síndico nas demandas especificas do condomínio, como questões contábeis, financeiras, jurídicas, ficando responsável por uma série de atividades. Para contratar os serviços, o síndico deve fazer uma análise do que o condomínio necessita, essa análise, pode ser feita junto à administradora ou individualmente. Definido todas as necessidades, é feito um orçamento e um pacote de serviços e soluções é apresentado. Satisfazendo ambas as partes, um contrato onde se estabelece às atividades da administradora é assinado, firmando o compromisso entre as partes.

Quais as funções de uma administradora de condomínio?

A função principal de uma administradora de condomínio é trazer tranquilidade e segurança ao síndico, auxiliando no exercício das atividades cotidianas do edifício, orientando sobre os aspectos legais e prestando suporte às atividades administrativas. Em termos gerais, a atividade de uma administradora está regulamentada pelo Código Civil, principalmente nos artigos 653 e 654 .

Algumas administradoras se limitam a fazer apenas a contabilidade dos condomínios, outras se comprometem a realizar o serviço completo, cuidando da contabilidade, da parte jurídica, prestando serviços técnicos, participando  das reuniões com os moradores entre outros serviços.

A Noruega Condomínios atua prestando total suporte nas áreas de gestão administrativa, gestão financeira, gestão pessoal e gestão jurídica. Oferecemos o serviço de síndico profissional e de garantidora de condomínios, recuperando crédito e zerando a inadimplência, com isso conseguimos proporcionar suporte total aos nossos clientes.

Vale ressaltar que não é função da administradora tomar decisões referentes ao empreendimento, cabe a empresa somente realizar recomendações e alertas ao Síndico que é o representante legal do condomínio, cabendo a ele acatar ou não as recomendações.

Quais serviços uma administradora de condomínios presta?

São várias as funções de uma administradora, seus serviços se dividem entre categorias, podendo ser essenciais, secundários e eventuais. Geralmente os serviços prestados por uma administradora de condomínios são:

Serviços Essenciais:

  • Gestão das finanças do condomínio
  • Controle da folha de pagamento de funcionários
  • Prestação de contas do condomínio
  • Emissão dos boletos das taxas condominiais
  • Assessoria para redução de custos
  • Cobrança e controle do índice de inadimplentes
  • Auxílio na declaração de obrigações fiscais e contábeis do condomínio

Serviços secundários:

  • Assessoria para reuniões de assembleia;
  • Gestão e contratação de prestadores de serviços;
  • Gestão dos equipamentos de segurança do condomínio;
  • Controle de manutenções de equipamentos e estrutura do condomínio;
  • Arquivamento de documentos.

Qual valor que uma administradora de condomínios cobra?

Não existe nenhuma tabela padrão que determine os preços a serem praticados pelas administradoras de condomínios, cada síndico possui uma necessidade de suporte e cada condomínio possui uma demanda diferente, além disso, os valores podem variar também conforme a região do país. Normalmente, os preços cobrados vão variar de acordo com as seguintes especificações do condomínio:

  • Tamanho do condomínio
  • Número de funcionários contratados
  • Quantidade de unidades
  • Localização do condomínio
  • Valor da despesa mensal do condomínio
  • Tipo dos serviços solicitados(gestão financeira, adm, RH, contábil…)

O preço estipulado pelas administradoras também se baseia conforme os gastos do condomínio, geralmente a taxa de administração de condomínio custa entre 2% a 8% do valor das despesas condominiais. Dessa forma, um condomínio que tem gastos mensais de R$ 100 mil, deve pagar à administradora um valor entre R$ 2 mil a R$ 8 mil.

Administradora de condomínios substitui o síndico?

A contratação de uma empresa administradora não substitui o trabalho e a importância do síndico no condomínio. Ao transferir alguns poderes e responsabilidades à administradora, é possível que o síndico tenha mais tempo para se dedicar mais a fundo à outras funções do mandato, como buscar melhorias para os moradores ou analisar formas de diminuir o valor das cotas condominiais.

 Ainda é ele quem dá as ordens e busca garantir que todos os serviços contratados sejam executados conforme contrato, a legislação e as normas internas do condomínio. Ao contratar uma administradora é como se o síndico deixasse de ter um papel de gestor direto e se tornasse um misto de supervisor e chefe, com isso o trabalho do  síndico continua sendo essencial para a gestão condominial.

Síndicos e administradoras tem funções diferentes?

Sim, cada um executa uma função dentro da gestão condominial, apesar das atribuições e responsabilidades do síndico e administradoras se complementarem, suas funções se diferem. Cada um tem uma função e uma importância na tarefa de zelar pelo condomínio.

O fato de contratar uma administradora para realizar a gestão condominial, não exime o síndico do cumprimento das atividades de rotina para o bom funcionamento do empreendimento, sendo assim o papel do síndico continua sendo estratégico e fundamental na gestão do condomínio. Da mesma forma, a tarefa e a responsabilidade da administradora em auxiliar o condomínio no cumprimento de todas as exigências legais e fiscais também se faz importante.

É interessante que o síndico conheça seus deveres, assim como os deveres da administradora de condomínios.

 Funções do síndico

O síndico pode ser pessoa, física ou jurídica, moradora ou não do condomínio, ele é o responsável por representar o condomínio no que respeito aos direitos e deveres. Cabe ao síndico sempre prestar contas à coletividade, arrecadar as cotas de condomínio, realizar os pagamentos devidos e intermediar conflitos, visando o bem da coletividade e a valorização do patrimônio comum.

Relação entre administradora de condomínio e síndico

A relação entre administração de condomínios e síndico se resume em parceria. Ambas as partes trabalham em conjunto em prol do condomínio, sempre com o intuito de aprimorar cada vez mais a vida no local. A administradora fica responsável pela parte burocrática e questões específicas da administração do condomínio, enquanto que o síndico se dedica às demandas dos moradores e cuidados gerais do condomínio. O resultado da junção dos esforços é um condomínio bem administrado, com síndico e moradores seguros e satisfeitos.

Quais as vantagens da administradora de Condomínios?

Vantagens:

  • Mais tempo para o síndico, se dedicar à outras demandas do condomínio
  • Suporte de equipe especializada em gestão de condomínio
  • Controle da inadimplência no condomínio
  • Auxílio nas funções administrativas e operacionais
  • Maior controle dos documentos contábeis e legais
  • Serviços mais adequados às necessidades dos moradores
  • Funcionários mais qualificados
  • Redução de gastos e maior economia
  • Condomínio com menor risco de penalizações legais
  • Consultoria em assembleias condominiais
  • Emissão de boletos para cobrança da taxa condominial
  • Economia de recursos

Gestão completa para o condomínio:  A administradora fica responsável por todo o gerenciamento administrativo do condomínio, oferecendo uma equipe completa e especializada em diversas áreas, contábil, jurídica, pessoal e financeira,  cabendo ao síndico fiscalizar o andamento das tarefas realizadas pela administradora do condomínio.

Quem escolhe a administradora do condomínio?

Segundo o Código Civil de 2002, no artigo 1.348, o síndico possui total autonomia de transferir totalmente ou parcialmente a outra pessoa ou empresa, os poderes de representação e, as funções administrativas que são de sua responsabilidade. Portanto, quem contrata a administradora de condomínio é o síndico e quem a destitui também é o síndico. A lei é clara: permitindo a ele transferir funções administrativas.

Uma vez escolhida a administradora pelo síndico, é dever dele levar a decisão para assembleia geral que deverá ou não ratificá-la. Para ratificar a escolha da empresa, basta maioria simples dos presentes.

Quero trocar a administradora do meu condomínio

Caso o responsável pelo condomínio não se sinta mais à vontade em trabalhar com a empresa, ou caso o novo síndico eleito deseje outro parceiro para dividir o trabalho da gestão do condomínio, a substituição da administradora pode ser uma saída. De acordo com a lei, não é obrigatório a aprovação da administradora em reunião de assembleia do condomínio, salvo se constar na convenção do condomínio que o item deve votado em reunião. Contudo, é recomendado que o assunto seja levado para discussão em assembleia para que os condôminos possam escolher a empresa prestadora de serviço junto ao síndico ou então validar a mudança feita pelo líder do condomínio.

Como é feita a contratação de uma administradora de condomínio?

A contratação da administradora de condomínios é feita através de um contrato de prestação de serviços, o documento serve de garantia o condomínio e para a administradora. O contrato, deve ser assinado pelo síndico, que é o representante legal do condomínio,pois  juridicamente, é ele quem atua em nome do condomínio nos atos da vida civil.

Nesse contrato de prestação de serviços estão presentes muitas cláusulas importantes como: multas, gastos extraordinários, responsabilização por erros, tempo de duração de contrato, procedimento de prestação de contas e prazos para eventual rescisão. É importante que o síndico analise o contrato minuciosamente, especialmente em relação às formas de pagamento, que costumam variar de condomínio para condomínio(pode ser fixa ou por % sobre a receita final).

A Noruega Condomínios trabalha com opções de pacotes de serviços administrativos personalizados, dessa forma o síndico tem total autonomia para escolher quais serviços e soluções o condomínio precisa. Conheça nossos serviços, solicite um orçamento sem compromisso.